Já PODES VISITAR ZONAS EXCLUSIVAS DESTE CASTELO REAL GRAçAS A CARLOS III

Pode parecer bom demais para ser verdade, mas alguns dos castelos da família real britânica vão estar de portas abertas ao público durante este verão. Uma das propriedades mais icónicas da família real é o castelo de Balmoral, onde Isabel II fazia questão de passar as suas férias de verão, que agora permite visitas às suas salas mais importantes.

Até agora, só se podiam visitar os jardins e o salão de baile, mas Carlos III decidiu dar autorização para a criação de uma nova tour pelo castelo que custa 100 libras e limitada a apenas 40 visitantes diários.

É ainda possível ter a experiência de beber o chá das cinco no castelo, mas o preço aumenta ainda mais: esta opção de visita custa 150 libras.

Nesta nova visita, é possível ficar a conhecer alguns dos quartos privados de membros da família real, bem como os aposentos dos reis, salas de refeição ou o salão vermelho, considerado o mais imponente da propriedade.

As visitas irão decorrer desde o início de julho até 4 de agosto, antes de Carlos III e Camilla darem início às suas férias de verão em Balmoral.

E para quem quer ficar hospedado num dos castelos da família real, isso também é possível. Além das casas em redor do Castelo de Balmoral, que chegam a ser alugadas por mais de €2000 por noite, o Castelo de Mey, na Escócia, é também uma das propriedades reais que recebe hóspedes. A Casa do Capitão, localizada no interior da propriedade, tem três quartos e uma cozinha, e pode ser alugada por cerca de €500 por semana. Na mesma propriedade, é ainda possível ficar alojado no Granary Lodge, um bed and breakfast cujos preços rondam os €300 por noite.

Mais a sul, na Cornualha, também é possível ficar alojado numa quinta rural que a família real aluga por cerca de €3000 à semana. Localizada perto de Llandovery, foi durante vários anos o local de férias eleito por Carlos e Camilla. Esta propriedade é composta por uma casa principal, três cabanas e um grande jardim.

 

2024-07-05T13:57:44Z dg43tfdfdgfd